sexta-feira, 22 de abril de 2011

Menina porque te digo que te amo.

Meus sonhos sempre foram como um caleidoscópio que nunca para de rodar. E quando você apareceu, eles deixaram de ser abstratos e passaram a ser reais.

Turbilhões de emoções foram sentidos, mas ressalto neles, os sentimentos concretos que me fizeram sentir teu cheiro, olhar, calor, suspiros e o seu sorriso a cada palavra dita para te roubar uma expressão de alegria.

Na verdade começou como uma brincadeira de criança, um buscando o sorriso do outro e aquilo foi contagiando de tal forma a ponto de fazer meus olhos sorrir com o teu brilho.

Uma vez, eu disse que o meu coração era um bosque onde todos tinham trânsito livre e nele existia uma árvore frutífera que nem todo mundo pode ver e que, quem consegue essa façanha, tem que ser escolhido.

Ela é chata, apesar de bela. Nem eu mando nela. Algumas pessoas a regam e a trataram como se fosse uma fruteira melindrosa.

Mas mesmo ela permitindo deixar ficar em sua sombra os frutos que ela deixava cair eram frutos secos, ou com gosto nada saborosos.

Assim, resolvi isolá-la e cativar sem deixar ninguém chegar nem perto do meu bosque, mas ela de repente abriu suas flores, e deixou um caminho trilhado só para buscar esse fruto.

Há mais uma vez ela prega essa comigo.

E te deixa entrar não só dentro do meu bosque, mas desfrutar dos melhores frutos que ela pode oferecer.

Por isso que é fácil dizer que te amo, pois não posso ir de contra a essa força que rege dentro de mim.

- Musica Edith Piaf -

Pra que serve o Amor

4 comentários:

Brasigrega disse...

Ah! o amor! Pode fazer sofrer, decepcionar, chorar mas...estamos sempre à procura dele, não é mesmo?

Blog do Raima disse...

Sim, Sempre e as vezes ele confusamente claro ... Bj

dfpg disse...

Ah, que lindo.. e a música de Piaff completou o post.

Jeisica disse...

Lindo mesmo!
Curti muito seu blog.
Vou seguir vc. Tenho certeza q vai valer a pena continuar dando umas passadinhas por aqui.
:*